04/05/2016 - 10:00:00
Bebidas> Vinhos > Mania de Vinho


Art des Caves promove 10ª edição de Mania de Vinho com descontos de até 50%.

Foto do site Art des Caves -Rafaela Vidigal

Meninas e meninos,

Mais um evento onde o vinho é a estrela começou ontem com uma avant première para os inscritos e convidados da Art des Caves, pioneira na fabricação de adegas climatizadas no país.

Mas não se preocupem, pois de fato, de hoje em diante é que começará o grande desconto deste evento, que já faz parte do calendário dos amantes da enologia, ávidos por novidades e vinhos excelentes com bom preço X qualidade.

Ao público uma temporada de ofertas entre os dias 03 e 29 de Maio, em suas três lojas físicas, faz parte da tradicional e na 10ª edição do Mania de Vinho.

No ano passado, a 9ª edição do Mania de Vinho atraiu mais de 1600 pessoas, que tiveram a oportunidade de conhecer 64 rótulos de diferentes regiões do mundo.

Para este ano, espera-se que esta meta de pública seja batida, e conta para isto com a participação de diversas importadoras de renome no mercado, que firmaram parceria com a Art des Caves e participarão da ação.

Dentre elas, Dominio Cassis, Bodegas, Ruby Wine, Inovini, Optimus, Lidio Carraro, Wine Experience, Weinkeller Vinhos e Mistral.

Além disso, marcas de importação própria da Art des Caves, como Pinna Fidelis e Malco, estarão disponíveis na ocasião.

Já as empresas Mestre Queijeiro e Weinkeller serão responsáveis pela degustação de queijos e linguiças artesanais.

Fotos do evento passado retiradas do site da Art des Caves.

Onde encontrar:

SÃO PAULO
Morumbi Shopping
Av. Roque Petroni Junior, nº 1089
Loja 227-1
Fone: 11 5181-1723/1725

D&D Shopping
Av. Nações Unidas, nº 12551
Loja 239 – térreo
Fone: 11 5505-0223/0290

RIO DE JANEIRO
Casa Shopping
Av. Ayrton Senna, nº 2150
Loja E – Bloco D
Fone: 21 2431-0592

Sobre a Art des Caves – Pensando em todos os estilos, a Art des Caves desenvolve há 18 anos as melhores adegas climatizadas para vinho e climatizações de ambientes. Pioneiros no Brasil na fabricação de adegas climatizadas, ouvimos os desejos dos consumidores, pesquisamos continuamente e sempre criamos novidades no universo da enologia para todos os gostos.

Nós atendemos tanto os clientes que admiram a tecnologia, o design moderno e a objetividade quanto os que seguem as tradições, preservam a cultura à risca e gostam de vivenciar no seu ambiente o estilo dos vinhos.

site www.artdescaves.com.br

Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

Volta ao topo da página
03/05/2016 - 09:30:00
Bebidas> Vinhos italianos > Tenute Giucciardini Strozzi


Com a presença das princesas Irina e Natália Strozzi, descendentes de Mona Lisa, provei os vinhos da Tenute Giucciardini Strozzi

Vinhos da Tenute Giucciardini Strozzi

Meninas e meninos,

Quer ocasião mais emblemática do que degustar vinhos de determinada vinícola na presença de seus proprietários?

E se eu acrescentar que na mesma ocasião os proprietários, no caso as belas irmãs Irina e Natália Strozzi, são princesas de realeza italiana?

E como se não bastasse, elas são descendentes da famosa Gioconda, retratada por Leonardo da Vinci na tela Mona Lisa, não é fantástico?

Claro que tudo isto junto de nada valeria para este apreciador de vinhos, se os preciosos caldos vinificados na Strozzi não fossem bons.

Foi um presente proporcionado pela Itália Mais, uma importadora que trabalha com vinhos exclusivos das melhores regiões italianas.

A história da Tenute Giucciardini Strozzi está intimamente ligada a fatos emblemáticos da Itália, ligada à arte desde sempre.

Um dos rótulos mais conhecidos é o Vernaccia di San Gimignano que foi vinificado pela primeira vez nos anos 1200, do qual eram apreciadores Dante, Michelangelo e Boccaccio.

O título de princesas vem da união das famílias Giucciardini e Strozzi, que desde os tempos de Maquiavel e dos Medici, eram uma grande família patrona das artes, que imperou em Florença e na Toscana entre 1430 e 1740.

Degustados na ocasião os vinhos Spumante Cusona Brut, vinificado com Vernaccia pelo método Charmat, tem aromas frutados e ligeiro floral. Também aparecem frutas secas com o tempo em taça.

O Arabesque, corte de Vermentino e Sauvignon Blanc, que ainda não está sendo trazido para o Brasil, foi mostrado, é cítrico, frutado em boca e com algum álcool em evidência. Seu rótulo foi criado por Natália.

O Cusona 1933 Vernaccia di San Gimignano com muitas especiarias no olfato, utiliza no processo menos de 1/3 das uvas já pacificadas, dando estrutura delicada e forte ao mesmo tempo ao vinho. Fresco, mineral e floral, é longo e muito agradável.

Momi, corte de Sangiovese, Cab. Sauvignon, Petit Verdot e Montepulciano d’Abruzzo, vinho sem passagem por madeira, frutado, fácil de beber e de gostar.

Sòdole um varietal de Sangiovese com muitas especiarias, em parte devido à passagem de 12 meses por carvalho, frutado gotoso, algum floral, taninos se mostram. A curiosidade é que a figura central do rótulo é o avô das princesas.

Ocra um corte de Cab. Sauvignon, Merlot, Syrah e Cab. Franc é delicioso. Frutado, especiarias, um toque animal já aparece, mineral em boca. Boa acidez e equilíbrio entre taninos, álcool e com longa persistência. Passa por madeira de 2º uso por 12 meses.

Por fim, o Vignaré, corte de Cab. Sauvignon, Cab. Franc e Merlot, passagem por madeira em pequenos barriletes por 18 meses. Terroso, frutado elegante, fumo de corda, mineral, especiarias, longo e boa acidez em boca, equilibrado com taninos macios, espetacular, o meu vinho preferido, aliás, o nome diz ser “do vinhedo do rei”.

Muito boa apresentação da Italia Mais, que também traz os vinhos do cantor lírico Andrea Bocelli, que em breve estará no Brasil.

http://www.italiamais.com.br

Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

Volta ao topo da página
02/05/2016 - 10:00:00
Feiras> APAS > Eventos


A Business France Brasil traz para APAS 2016 diversas novidades em gastronomia, bebidas e vinhos.

Lacre abre-fecha da Skky Innovations

Meninas e meninos,

Creio que este ano a APAS- Associação Paulista de Supermercados está se empenhando mais que o de costume, para que os participantes da feira tenham realmente o efeito positivo desejado, o do retorno à normalidade comercial, visto a brutal falta de empregos e a conturbada vida política e social que passamos.

É ótimo que acontece, pois a APAS, tem tradição e seus associados são empresas de vulto e de grande penetração.

Para se juntar aos demais, a Business France Brasil, agência francesa para o desenvolvimento internacional das empresas e a promoção dos investimentos na França, está com uma série de novidades que irão movimentar bastante o setor a partir de hoje, quando a APAS 2016 começa.

Novidades nas áreas de panificação, bebidas e gastronomia serão mostradas, e uma me chamou muito a atenção, quando recebi o release pertinente aos produtos que serão apresentados.

Jean-François Ambrósio, Diretor do Departamento de Agronegócios discorreu sobre a participação das empresas na Apas: “A Business France está muito feliz em participar da feira APAS, a maior feira do setor varejista no Brasil e na América Latina. Este ano, trazemos empresas inovadoras, que oferecem opções únicas e de altíssima qualidade em alimentos e bebidas. Venha visitar o Pavilhão francês. Venha descobrir e se surpreender com os sabores franceses. A bientôt sur notre Pavillon”.

Os produtos são diversificados com nove empresas ou marcas francesas expositoras e vou deixar por último uma delas, que já mencionei acima, e me chamou muito a atenção, e irei ver de perto durante a feira, mas vamos aos expositores:

-Bridor: fabricante de folhados de manteiga fina da França, pães assados em forno de pedra, confeitaria fina e congelados de alta qualidade. Atendimento para os profissionais de hotéis, restaurantes, supermercados e delicatessen; www.bridordefrance.com

-Château de Brigue: propriedade mantida sob gestão familiar da Terceira geração. Com uma produção de 85 hectares, os quatro irmãos Brun produzem 90% de Rosé na principal denominação da região AOP Côtes de Provence;
www.chateaudebrigue.com

-Chocolat Mathez: criada em 1934 por Alaüs Mathez, é hoje líder no Mercado nacional e internacional. A única empresa do mundo especializada em trufas produz mais de 50 sabores e diversas variedades de chocolate. Suas trufas são elaboradas com ingredientes altamente selecionados e surpreendem até os paladares com o mais alto nível gustativo; www.mathez.fr

-Pâtisseries Gourmandes: empresa familiar especializada na fabricação e distribuição de bolos e biscoitos. Os produtos são reconhecidos nos canais de varejo, do food service e de distribuição da França e do mundo todo, graças à seleção das melhores receitas tradicionais da Bretanha. Sua gama de biscoitos amanteigados é apreciada e aprovada por seus clientes no exterior por suas receitas e embalagens atraentes. As belas latas de galettes amanteigadas são perfeitas para um presente com “toque francês”; www.patisseriesgoumrandes.com

-Producta: negociante de vinhos que representa atualmente 28 adegas cooperadas, são aproximadamente 2500 viticultores de todas as apelações do sudoeste da França. É pioneira na distribuição de vinhos junto às redes de supermercados da França. Os vinhos de Bordeaux estão entre os seus primeiros fornecedores. Propõe aos seus clientes 50 apelações da região Aquitaine; Exporta para Ásia, Américas, Rússia, Leste Europeu, Escandinávia e Europa; www.producta.com

-St Michel: fundada em 1905, é uma empresa familiar especializada em biscoitos e conhecida pela famosa galette amanteigada de receita tradicional desde a sua criação. Seus produtos são fabricados na França em uma das oito unidades, todos os biscoitos e doces são produzidos sem óleo de palma, sem gordura hidrogenada, corantes, conservantes, e com ovos caipira; www.stmichel-biscuit.fr

-Les Vins Breban: desde 1952, elabora e oferece uma grande diversidade de vinhos da região Provence. É um grande especialista da região em espumante de qualidade; www.vinsbreban.com

E a interessante lata abre e fecha da Skky Innovations -Skky Innovations: Lançará na Apas dois tipos de energéticos e cervejas, produzidos no Brasil, com aromas suaves e ingredientes de alta qualidade, criando a marca Brasilidade. A Skky Innovations propõe um sistema inovador de lacre abre-fecha, que conserva o gás das bebidas; www.skky-innovations.com

Não é sensacional poder fechar a lata que ainda não foi consumida totalmente em seu conteúdo?

-UG Bordeaux: é um escritório comercial da Union de Guyenne e de um grupo de exportadores franceses que representam uma gama de vinhos de todas as regiões produtoras da França.

Oferece um serviço de consolidação de containers entre vários importadores de um mesmo Estado, e também assessoria logística e burocrática do seu projeto de importação de vinhos franceses.

Sobre a Business France:
Business France é a agência nacional de apoio à internacionalização da economia francesa, responsável por impulsionar o crescimento das exportações de empresas francesas, bem como prospectar e facilitar os investimentos estrangeiros na França. Ela também promove a atratividade e a imagem econômica da França, suas empresas e seus territórios.

Presente em 80 países, na América Latina, a Business France encontra-se no Brasil (São Paulo e Rio de Janeiro), na Argentina (Buenos Aires), no Chile (Santiago), na Colômbia (Bogota), no México (México) e com antena em Cuba (Havana). De modo geral, nossas empresas exportam para os principais mercados internacionais, como América do Norte, Ásia, Oriente Médio ou América do Sul.
http://www.youbuyfrance.com/br

Serviço: APAS 2016
Data: de 2 a 5 de maio de 2016
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme - São Paulo –SP

Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

Volta ao topo da página
01/05/2016 - 05:00:00
Bebidas> Vinhos > Enogastronomia


Com as presenças de Ciro Lilla da Mistral, Antonin Bonnet da Michel Chapoutier, os vinhos desta vinícola e a gastronomia do Restaurante Figo, a noite não deveria ter fim!

Vinhos da Chapoutier que degustamos.

Meninas e meninos,

Estar reunido ao redor de uma mesa onde irei degustar ótimos vinhos e uma gastronomia fantástica, só não se traduz em plena felicidade quando não estou rodeado por amigos que também prezem este mister.

Graças aos convites honrosos que Ciro Lilla, através de sua assessora e minha querida amiga Sofia Carvalhosa me fazem, sempre que estes acontecem, sei que irei prezar dos requisitos citados acima.

Pois não foi diferente na noite em que jantei no Restaurante Figo, com uma mesa plena de amigos especialistas, amigos da Mistral, e com o representante da Michel Chapoutier, Antonin Bonnet, e claro, com o Ciro.

Michel Chapoutier, nome emblemático do Rhône, e da França, enólogo que levou a uma dimensão inusitada os vinhos da região, atingindo a perfeição nas diversas denominações do Norte e do Sul, é homem de opiniões controversas e virtuosismo técnico.

Chapoutier faz anos, sempre se voltou para a viticultura orgânica e biodinâmica e segue a cartilha francesa para esse tipo de cultivo sustentável. Seus vinhos impecáveis e elegantes, tais como os Hermitage, Côte-Rôtie, St Joseph, Cornas, Châteuneuf, servem de referências para a região.

Convencido da enorme riqueza do terroir do Rhône, Michel Chapoutier criou os reverenciados “séléction parcellaire”, os vinhos de vinhedo, que estão sempre entre os melhores tintos e brancos da França e que buscam a qualidade máxima de cada denominação.

São belos exemplos desta tenacidade de Chapoutier, vinhos de enorme classe, elegância e estrutura, extremamente longevos, e que precisam de tempo para mostrar suas melhores características.

Robert Parker afirma: “Tudo o que Chapoutier está fazendo, de seus vinhedos cultivados biodinamicamente com rendimentos minúsculos, fermentações estendidas, o uso de leveduras naturais até a decisão de não filtrar os vinhos, tem o intuito de produzir a essência de um vinhedo e de uma safra. Sua história desde 1989 admiravelmente prova que estes são vinhos extraordinários feitos por um jovem gênio que se recusa a ceder”.

Todos os seus vinhos inclusive vinhos doces, colaboraram para colocar o Rhône entre as melhores regiões vinícolas francesas, lado a lado com Bordeaux e Bourgogne.

Seu Côtes du Rhône Belleruche é considerado um dos melhores da denominação e seus Hermitage brancos estão entre os mais cobiçados, e o melhor, Chapoutier também produz excelentes vinhos no Sul da França, Alsácia, Austrália e mais recentemente, também em Portugal.

Dito isto deste ícone, vamos aos vinhos:

Degustamos dois brancos, o Côtes du Rhône Belleruche blanc 2013 e o Schieferkopf Gewürztraminer 2012, este último, apesar do primeiro ser espetacular, me encantou nesta noite pela mineralidade, pelo cítrico envolvente, e por uma delicada fruta compotada no aroma, que se traduziu em boca, sem ser doce.

O Marius rosé 2014, corte de Grenache e Syrah, com ótima acidez, frutado em boca, longa persistência, é um campeão em sua categoria, no quesito relação preço X qualidade.

Seguimos com o Domaine Tournon Mathilda Shiraz 2012, vinho que traz o nome da filha de Chapoutier.

Outro que tem boa relação preço X qualidade é o Bila-Haut Côtes du Roussillon Villages Occultum Lapidem 2013, corte de Syrah, Grenache e Carignan.

Fomos ao Douro com o Pinteivera Touriga Nacional 2010, que extraiu de RP na safra 2009, 96 pt, e a indicação de ser o melhor vinho português que tomou então; para vermos como trabalha Chapoutier!

Seguimos com o Crozes-Hermitage Les Varonniers 2012 varietal de Syrah com pouca passagem por barricas.

Châteauneuf-du-Pape Croix de Bois 2009 com 15,5% de álcool, e varietal de Grenache.

Então chegou o meu vinho da noite, um sonho, o espetacular Hermitage M. de la Sizeranne 2011. Pensem em tudo que um vinho precisa ter, e voilà!

Varietal de Syrah, com comportados 13,5% de álcool, equilibrado em acidez e taninos, frutado, especiarias, longo em boca, taninos presentes e ótimos, um primor em minha opinião. Para coroar a rodada, um maravilhoso Banyuls Rouge 2011, vinificado com Grenache de 90 anos de idade, com pequeno percentual de Carignan.

O cardápio elaborado teve além dos canapés para o início, a Salada Figo, mix de folhas com figo em redução de vinho tinto e baunilha, queijo de cabra e nozes como entrada.

Coxa de pato Confit e Figo Seco, envolta em massa folhada, gobo, shitake e couve orgânica de prato principal, e uma Mousse de Chocolate Amargo com Castanho do Pará, servido com sorvete de doce de leite para o Banyuls.

Como disse antes, noites como estas não deveriam ter fim...

Quem importa os vinhos Michel Chapoutier é a Mistral

www.mistral.com.br
www.chapoutier.com

Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

Volta ao topo da página

Ver todas as notícias do mês.
Quem sou eu

Enófilo apaixonado, larguei a engenharia para trabalhar com o lado lúdico dos vinhos e da gastronomia. Engenheiro por formação acadêmica, sommelier formado pela ABS-SP, acabei me tornando "O Engenheiro que Virou Vinho".

Sobre este SIte

Este site é um espaço digital onde eu coloco todas as experiências que vivo dentro do universo do vinho e da gastronomia, procurando sempre apresentar o lado lúdico do comer e do beber bem.

Para entrar em contato clique aqui.


Estatísticas deste site...





Avaliando




Mecanismo de busca

Palavra-chave


Enquetes do Divino Guia

Você é a favor ou contra a Lei Seca?
Sim
Não
Indiferente


Redes sociais - curta e indique aos amigos







Instagram Instagram do Divino Guia



ARQUIVOS DO SITE

2016
Janeiro (15)
Fevereiro (17)
Março (18)
Abril (16)
Maio (4)

2015
Janeiro (21)
Fevereiro (18)
Março (22)
Abril (20)
Maio (21)
Junho (21)
Julho (22)
Agosto (20)
Setembro (21)
Outubro (19)
Novembro (17)
Dezembro (17)

2014
Janeiro (18)
Fevereiro (20)
Março (20)
Abril (20)
Maio (20)
Junho (20)
Julho (23)
Agosto (21)
Setembro (22)
Outubro (21)
Novembro (18)
Dezembro (21)

2013
Janeiro (8)
Fevereiro (19)
Março (21)
Abril (21)
Maio (19)
Junho (18)
Julho (17)
Agosto (21)
Setembro (19)
Outubro (21)
Novembro (19)
Dezembro (19)






Álvaro Cézar Galvão participa do programa Chefs do Apetite. Para assistir todos os programas já gravados clique aqui.





Academia do Vinho

Adilson Farias-ilustrador em café

Bebel Baeta e Sebastian

Bebericando por Helena Mattar

Beto Duarte

Blog do Marcelo Katsuki

Blog Nosso Vinho-Paulo Queiróz

Chef Karina Papa

Confraria Dos Panas

Cris Couto

Degustadores sem Fronteiras

Emerson Hass

Ensei Neto

Eugênio Oliveira-Decantando a Vida

Fabiana Gonçalves

João Filipe Clemente

Jorge Monti

Luiz Horta

Marcelo di Morais

Mariana Costa-Viagem na Cozinha

Pecado de Vinhos

Programa Chefs do Apetite

Revista Eno Estilo

Revista Viver Plus Size

Selo & S

Selo 7 Sommeliers

Silvestre - Vivendo a Vida

Vinho dos Anjos

Vinho e Delícias

Vinhos Brasucas